ANA
ASTROLOGIA CLÁSSICA
& VIDA MODERNA
Eu não gosto ser guru, mas entendo que todos que buscam a astrologia como orientação para suas decisões esperam encontrar caminhos bem elaborados e sustentados para se guiarem. 

Embora o papel do astrólogo seja traduzir as condições astrológicas em eventos e circunstâncias da vida prática, seu campo de atuação é limitado. Precisamos ter em mente que algumas particularidades da vida moderna não são encontradas em livros ou na tradição.

Para simplificar, vou dar um exemplo. Atualmente, utilizamos diversas mídias sociais para divulgação de conteúdo e interação. Sabemos que cada plataforma tem suas particularidades, mas não conseguimos distingui-las pela carta natal ou pela revolução solar. A astrologia não possui recursos para definir o que seria um trabalho em um blog, no Instagram, no YouTube ou no TikTok, pois todas são temas do câmbio e intercâmbio entre as pessoas.

O que diferencia uma rede da outra são pequenas particularidades de público, algoritmo. Até mesmo os conteúdos são os mesmos muitas vezes.

Diferenças tão sutis não geram um campo para diferenciação astrológica na leitura, deixando muita subjetividade ao astrólogo. Não é como diferenciar um trabalho artístico, que possui características muito particulares.

Em casos que exigem maior precisão, a astrologia horária pode ser mais eficaz, mas mesmo assim, pequenas diferenças são difíceis de detectar. 

Se o astrólogo recebe uma pergunta sobre investir no YouTube ou no TikTok, ele pode escolher um planeta significador para cada mídia com base em algumas particularidades. No entanto, na astrologia natal, não é possível seguir essa abordagem.

Gostaríamos de ter respostas muito precisas, que garantissem acertos em todas as escolhas, mas não é assim que funciona. 

Como astrólogos devemos evitar cair na tentação de fazer as escolhas pelo consulente. Traduzimos o céu, mas quem vive a vida é o próprio nativo.

#astrologia
Eu não gosto ser guru, mas entendo que todos que buscam a astrologia como orientação para suas decisões esperam encontrar caminhos bem elaborados e sustentados para se guiarem. Embora o papel do astrólogo seja traduzir as condições astrológicas em eventos e circunstâncias da vida prática, seu campo de atuação é limitado. Precisamos ter em mente que algumas particularidades da vida moderna não são encontradas em livros ou na tradição. Para simplificar, vou dar um exemplo. Atualmente, utilizamos diversas mídias sociais para divulgação de conteúdo e interação. Sabemos que cada plataforma tem suas particularidades, mas não conseguimos distingui-las pela carta natal ou pela revolução solar. A astrologia não possui recursos para definir o que seria um trabalho em um blog, no Instagram, no YouTube ou no TikTok, pois todas são temas do câmbio e intercâmbio entre as pessoas. O que diferencia uma rede da outra são pequenas particularidades de público, algoritmo. Até mesmo os conteúdos são os mesmos muitas vezes. Diferenças tão sutis não geram um campo para diferenciação astrológica na leitura, deixando muita subjetividade ao astrólogo. Não é como diferenciar um trabalho artístico, que possui características muito particulares. Em casos que exigem maior precisão, a astrologia horária pode ser mais eficaz, mas mesmo assim, pequenas diferenças são difíceis de detectar. Se o astrólogo recebe uma pergunta sobre investir no YouTube ou no TikTok, ele pode escolher um planeta significador para cada mídia com base em algumas particularidades. No entanto, na astrologia natal, não é possível seguir essa abordagem. Gostaríamos de ter respostas muito precisas, que garantissem acertos em todas as escolhas, mas não é assim que funciona. Como astrólogos devemos evitar cair na tentação de fazer as escolhas pelo consulente. Traduzimos o céu, mas quem vive a vida é o próprio nativo. #astrologia
7 dias ago
View on Instagram |
1/4
Na carta do Ingresso do Sol em Áries para os Estados Unidos em 2024 anote o ascendente em Escorpião, na regência de Marte. 

Entre hoje e amanhã, 14/15 de julho, Marte está em transitando sobre a estrela Algol, em quadratura a Marte na carta do ingresso, em 27 de Aquário.

Postei um vídeo no YouTube nesta semana sobre esta conjunção https://youtu.be/ABvSM3dHpCo?si=EaTfUbFIkTVvyp5b , e quem assistiu pode ver que eu mencionei que os efeitos mais violentos ficam em torno dos países onde o ascendente foi Áries ou Escorpião na carta do ingresso do Sol em Áries. 

Mostrei no vídeo as regiões com ascendente em Áries e com Marte na primeira casa, mas não tinha mostrado as regiões com ascendente em Escorpião.

Hoje, 14 de julho temos a notícia, nos principais jornais, do tiro que pegou de raspão na face do candidato à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump. 

O local do evento bateu (EUA), ascendente escorpião no ISA. Tiro, arma de fogo são temas de Marte. Vamos acompanhar nesta semana quando a Lua passar pela oposição a este ponto.

No sábado (20/07) Marte ingressa em Gêmeos, e muda a tônica, mas fica muito “barulhento”. Vamos acompanhar...

#astrologia
Na carta do Ingresso do Sol em Áries para os Estados Unidos em 2024 anote o ascendente em Escorpião, na regência de Marte. Entre hoje e amanhã, 14/15 de julho, Marte está em transitando sobre a estrela Algol, em quadratura a Marte na carta do ingresso, em 27 de Aquário. Postei um vídeo no YouTube nesta semana sobre esta conjunção https://youtu.be/ABvSM3dHpCo?si=EaTfUbFIkTVvyp5b , e quem assistiu pode ver que eu mencionei que os efeitos mais violentos ficam em torno dos países onde o ascendente foi Áries ou Escorpião na carta do ingresso do Sol em Áries. Mostrei no vídeo as regiões com ascendente em Áries e com Marte na primeira casa, mas não tinha mostrado as regiões com ascendente em Escorpião. Hoje, 14 de julho temos a notícia, nos principais jornais, do tiro que pegou de raspão na face do candidato à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump. O local do evento bateu (EUA), ascendente escorpião no ISA. Tiro, arma de fogo são temas de Marte. Vamos acompanhar nesta semana quando a Lua passar pela oposição a este ponto. No sábado (20/07) Marte ingressa em Gêmeos, e muda a tônica, mas fica muito “barulhento”. Vamos acompanhar... #astrologia
1 semana ago
View on Instagram |
2/4
É de conhecimento comum entre os estudantes de astrologia que há diversas disputas sobre assuntos astrológicos. 

Diferentes linhas de conhecimento defendem suas perspectivas, e não existe uma resposta única que determine qual é mais eficaz.

Muitas dessas disputas são infrutíferas, mas quando se trata de conceitos, é fundamental ter conhecimento sólido. Utilizar jargões e repetir ideias sem compreensão profunda apenas transforma o aluno ou apreciador em um repetidor.

Recentemente, respondi a um comentário que afirmava que a astrologia sideral é mais precisa e que a tropical não funciona porque a sideral está alinhada à astronomia, enquanto a tropical não. Esse tipo de comentário apenas revela o desconhecimento do autor, mesmo em relação à astrologia sideral.

Sem entrar no mérito de qual é mais eficaz, pois acredito que ambas têm seu valor, é necessário esclarecer que embora o zodíaco tropical não esteja alinhado ao zodíaco sideral, ele reflete o movimento de translação da Terra em torno do Sol. Este movimento é o referencial para a divisão do tempo e, é através das diferentes posições que a Terra ocupa em relação ao Sol que resultam as estações do ano. Se isso não é um conceito astronômico, não sei o que seria.

Convido os estudantes e apreciadores da astrologia a não se deixarem levar por opiniões preconcebidas. Em vez disso, estudem profundamente e descubram o que mais lhes agrada. 

Fundamentem-se, compreendam como a astrologia funciona, como ela foi constituída, e tracem um caminho claro para seus estudos.

Não seja um repetidor. Informem-se e transforme suas perspectivas.

#astrologia #astrologiaclassica #astrologiatradicional
É de conhecimento comum entre os estudantes de astrologia que há diversas disputas sobre assuntos astrológicos. Diferentes linhas de conhecimento defendem suas perspectivas, e não existe uma resposta única que determine qual é mais eficaz. Muitas dessas disputas são infrutíferas, mas quando se trata de conceitos, é fundamental ter conhecimento sólido. Utilizar jargões e repetir ideias sem compreensão profunda apenas transforma o aluno ou apreciador em um repetidor. Recentemente, respondi a um comentário que afirmava que a astrologia sideral é mais precisa e que a tropical não funciona porque a sideral está alinhada à astronomia, enquanto a tropical não. Esse tipo de comentário apenas revela o desconhecimento do autor, mesmo em relação à astrologia sideral. Sem entrar no mérito de qual é mais eficaz, pois acredito que ambas têm seu valor, é necessário esclarecer que embora o zodíaco tropical não esteja alinhado ao zodíaco sideral, ele reflete o movimento de translação da Terra em torno do Sol. Este movimento é o referencial para a divisão do tempo e, é através das diferentes posições que a Terra ocupa em relação ao Sol que resultam as estações do ano. Se isso não é um conceito astronômico, não sei o que seria. Convido os estudantes e apreciadores da astrologia a não se deixarem levar por opiniões preconcebidas. Em vez disso, estudem profundamente e descubram o que mais lhes agrada. Fundamentem-se, compreendam como a astrologia funciona, como ela foi constituída, e tracem um caminho claro para seus estudos. Não seja um repetidor. Informem-se e transforme suas perspectivas. #astrologia #astrologiaclassica #astrologiatradicional
3 semanas ago
View on Instagram |
3/4
Segundo Al Biruni, no livro The Introduction of the Elements of the Art of Astrology, os portais de clima são abertos quando um planeta inferior (Lua, Mercúrio, Vênus) se junta a um planeta superior (Marte, Júpiter, Saturno), cujas naturezas sejam opostas. 

Desta forma, a união do Sol ou da Lua com Saturno indica chuva calma, garoa ou tempestades de neve; a união de Vênus e Marte indica chuvas torrenciais, granizo, trovões e relâmpagos; e a união de Mercúrio e Júpiter indica a abertura das portas dos ventos.

Outros autores medievais afirmam que a junção pode ocorrer por aspecto ou conjunção. Deve-se observar estas condições nas cartas de lunações para o período. 

Ao considerar todos esses elementos, o astrólogo pode prever com maior precisão os fenômenos climáticos esperados. É essencial integrar essas observações com um entendimento profundo das particularidades regionais e históricas do clima local. 

E por que fazer previsões astrológicas climáticas? Este é um recurso de astrologia mundial. Fatores relacionados ao clima podem influenciar na economia, infraestrutura, política e cultura. O tema tem importância nas previsões coletivas.

#astrologia
Segundo Al Biruni, no livro The Introduction of the Elements of the Art of Astrology, os portais de clima são abertos quando um planeta inferior (Lua, Mercúrio, Vênus) se junta a um planeta superior (Marte, Júpiter, Saturno), cujas naturezas sejam opostas. Desta forma, a união do Sol ou da Lua com Saturno indica chuva calma, garoa ou tempestades de neve; a união de Vênus e Marte indica chuvas torrenciais, granizo, trovões e relâmpagos; e a união de Mercúrio e Júpiter indica a abertura das portas dos ventos. Outros autores medievais afirmam que a junção pode ocorrer por aspecto ou conjunção. Deve-se observar estas condições nas cartas de lunações para o período. Ao considerar todos esses elementos, o astrólogo pode prever com maior precisão os fenômenos climáticos esperados. É essencial integrar essas observações com um entendimento profundo das particularidades regionais e históricas do clima local. E por que fazer previsões astrológicas climáticas? Este é um recurso de astrologia mundial. Fatores relacionados ao clima podem influenciar na economia, infraestrutura, política e cultura. O tema tem importância nas previsões coletivas. #astrologia
4 semanas ago
View on Instagram |
4/4

Search

Ellen Woodson

Aliquam lorem ante, dapibus in, viverra quis, feugiat a, tellus. Phasellus viverra nulla ut metus varius laoreet. Quisque rutrum. Aenean imperdiet. Etiam ultricies nisi vel augue. Curabitur ullamcorper ultricies nisi. Nam eget dui. Etiam rhoncus. Maecenas tempus, tellus eget condimentum rhoncus, sem quam semper libero, sit amet adipiscing sem neque sed ipsum. Nam quam nunc, blandit vel, luctus pulvinar, hendrerit id, lorem. Maecenas nec odio et ante.

Robert Bowie

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Aenean commodo ligula eget dolor. Aenean massa. Cum sociis Theme natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus.

Teodor Alda

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Aenean commodo ligula eget dolor. Aenean massa. Cum sociis Theme natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus.